13 de agosto de 2008

REFLEXÃO

Solidão não é o retiro voluntário que a gente
se impõe às vezes,
para realinhar os pensamentos...
isto é equilíbrio.

Tampouco é o claustro involuntário que o destino nos impõe compulsoriamente
para que revejamos a nossa vida...
isto é um princípio da natureza.

Solidão não é o vazio de gente ao nosso lado...
isto é circunstância.

Solidão é muito mais que isto...
Solidão é quando nos perdemos de nós mesmos,
e procuramos em vão pela nossa Alma!...

6 deixaram seu recado:

Serginho Tavares 13 de agosto de 2008 19:16  

portanto, eu não sou solitário!
me sinto às vezes mas não sou
beijos

Pablo 13 de agosto de 2008 19:47  

To aproveitando que o assunto é sério pra comentar, né.. NÉ?????????

Enfim...

Gente, que solidão profunda, nossa...
a gente vira stalker de alma e eu nem sabia...

mas solidão não, né? Xô, solidão!
uhauhauhauhahua

mah.rcius 13 de agosto de 2008 21:46  

E quando, exatamente, achamos a nossa alma? Nesse momento, finalmente, a solidão se vai?

Será que a alma não está próxima, pronta para ser tocada, tomada e nós, na confusão humana cotidiana, não ficamos batendo cabeça e sofrendo além do necessário?

Mabe 14 de agosto de 2008 07:26  

Gente...assunto sério...

Muito bom o texto, concordo que as vezes se sentir só, oi ficar só por momentos é essencial para nosso equilibrio, e tb concordo que as vezes, mesmo estando no meio de pessoas, estamos sós, pois não nos encontramos.

Só não podemos deixar isso se tornar rotineiro, afinal, não é legal sermos sozinhos, o ser humanos foi feito para viver em grupos, com seus semelhantes.

Já me senti muito só, mesmo acompanhado, mas me policio para sempre me sentir bem acompanhado, mesmo estando só.

Adorei o texto, lindo e profundo.
Abraços.

Dan Galego 14 de agosto de 2008 17:52  

Quando achamos a alma
ela já não está mais lá
e
mais uma vez
o golpe da solidão atormenta.

uomini 17 de agosto de 2008 20:56  

O pior é (realmente) entender a definição de solidão na poesia...

Postar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO